TIM e Claro dobram número de queixas recebidas


Desempenho piorou mesmo depois de punição da Anatel

 

Operadoras de TelfoniaRelatório apresentado por João Rezende, presidente da Anatel, na última quarta-feira, 13, revela que os clientes das operadoras Claro e TIM estão mais insatisfeitos em relação aos serviços prestados nos últimos meses.
A TIM, campeã de reclamações, recebeu 4.000 queixas em setembro e mais 3.750 em outubro. Antes de ser punida pela Anatel e proibida de vender seus chips em 18 estados, o número de reclamações não chegava a 2.000 por mês.
A Claro, vice-campeã, recebeu aproximadamente 1.000 queixas em julho. No mesmo mês, ela também foi proibida de vender chips e modens de internet em três estados. Em outubro o número de reclamações praticamente dobrou.
Já a Oi, que também foi punida pela Anatel em julho e em cinco estados, manteve-se estável com cerca de 1.250 reclamações mensais.
“O resultado mostra que as empresas estão trabalhando, mas ainda estão muito longe do ideal. Uma melhora definitiva vai depender do aumento dos investimentos e, enquanto isso, as companhias continuam sendo multadas normalmente”, disse Rezende na apresentação do relatório no Senado.
Para o ministro das comunicações, Paulo Bernardo, houve uma melhora no serviço das companhias. No entanto, elas ainda não atingiram o nível desejado e a fiscalização sobre elas deve continuar.
Um dos critérios da Anatel para as supensões no meio do ano foi justamente as reclamações dos clientes. O plano de melhorias definido pela agência prevê a possibilidade de mais punições e proibições caso as operadoras não cumpram suas metas.

Via Olhar Digital