Alexandre Pato no Corinthians diretor-adjunto do Corinthians falou sobre o assunto a Rádio Estadão ESPN


Alexandre Pato no CorinthiansO Corinthians acertou a contratação do atacante Alexandre Pato, jogador de 23 anos que surgiu com status de estrela mundial no Internacional, foi para o Milan e volta ao Brasil após uma série de lesões que o fez atuar muito pouco nas últimas temporadas pelo clube italiano – nos dois últimos anos, foram só 25 jogos e 6 gols. Segundo o jornal A Gazzetta dello Sport, o valor da negociação é de 15 milhões de euros pela contratação do centroavante. Antes dele, o Corinthians já havia fechado com o meia-atacante Renato Augusto, pagando 3,5 milhões de euros por 50% do ex-jogador do Flamengo e que estava no Bayer Leverkusen, da Alemanha. “Muita gente sabe do potencial dele dentro e fora de campo. É um jogador excepcional. Nossos departamentos médico e de fisioterapeutas já acompanham o Pato há um bom tempo e vão trabalhar nisso. Espero que na primeira semana de janeiro a gente possa dar esse presente ao corintiano”, disse à Rádio Estadão ESPN o diretor-adjunto do Corinthians Duílio Monteiro Alves, que preferiu ainda manter a cautela sobre a oficialização do negócio – a atual diretoria só confirma o acerto após o contrato assinado, como foi com Renato Augusto.

Clique aqui para ouvir ou baixar o arquivo da entrevista

O dirigente corintiano esteve no Rio de Janeiro na tarde desta quarta-feira para uma reunião com o vice-presidente do Milan Adriano Galliani. O cartola está no país em encontros que também tratam da venda de Robinho – o Santos surge como principal favorito depois do Flamengo desistir da contratação alegando que o clube italiano pediu um valor muito alto. Agente – Na semana passada, durante o Jogo Contra a Pobreza disputado em Porto Alegre, o empresário de Pato, Gilmar Veloz, se mostrou muito favorável à volta do jogador ao futebol brasileiro, principalmente ao Corinthians. O agente também considera que o atual campeão do mundo pode ajudar o atacante a voltar ao melhor nível e à seleção brasileira.

Via ESPN