Nvidia apresenta seu console portátil, NVIDIA Project SHIELD


A Nvidia apresentou, durante um pre-evento da CES 2013, o seu novo console portátil, o Shield. O aparelho, equipado com o recém-lançado processador Tegra 4, chega com o objetivo de melhorar a experiência com games na plataforma Android.
Para aumentar a qualidade do gameplay em jogos Android, o Shield vem equipado com uma tela sensível ao toque “retina display” de 5 polegadas, com resolução de 1280×720, processador quad-core Tegra 4 com 72 núcleos de processamento gráfico e um sistema de botões dedicado para games, com um formato bem próximo ao presente em controles de consoles como o Playstation 3 e o Xbox 360.
O portátil vem equipado com um sistema Android “puro”, sem modificações no layout ou retirada de funcionalidades do OS, muito presente em smarpthones e tablets, e de forma bastante agressiva em produtos como o Kindle Fire. A empresa tambem optou pelo uso de conexões padrão em seu console portátil, como HDMI, MicroSD e micro USB, ao invés de utilizar formatos proprietários. A única modificação é um botão localizado no centro do controle, dedicado a abrir a interface de games.

Durante a apresentação, o CEO da Nvidia, Jen-Hsun Huang demonstrou como todas as capacidades do sistema Android estavam presentes, como execução de aplicativos do Google Play, e exibiu também um vídeo na resolução 4K, que rodou sem problemas no dispositivo equipado com o processador Tegra 4 (e com uma ajuda do televisor da LG que comporta esta resolução, que também será apresentado na CES 2013).

Em relação a qualidade gráfica, a empresa já trabalha em conjunto com desenvolvedores para a criação de conteúdos que explorem todas as capacidades dos chips gráficos da empresa. O Tegra zone é uma loja de aplicativos focada em games otimizados para as CPUs Tegra, com versões para Android e, mais recentemente, Windows RT.  O som também ganhou uma atenção extra com um sistema de áudio que, segundo o Huang, “é capaz de entregar duas vezes mais qualidade e nitidez que o  presente em notebooks HP com o selo Beats Audio” 

O console terá suporte a modos multijogador, sendo que durante a apresentação foi feita uma demonstração do multiplayer de Hawken 3, jogo em desenvolvimento baseado na Ureal Engine 3. Huang cogitou games futuros onde “cada jogador terá na sua tela a sua visão de jogo, e um televisor irá exibir uma visão geral para os expectadores”.

Via Adrenaline