Microsoft terá que alterar embalagens do Windows 8 no Brasil


O Procon ordenou que a Microsoft Brasil modifique a embalagem do Windows 8 comercializado no país por ela não informar ao consumidor que o software se trata de uma atualização.
A companhia tem um prazo até o dia 17 de fevereiro para regularizar a situação. Caso descumpra a ordem, terá que pagar uma multa de R$1 milhão. Além disso, para cada cliente que reclamar, a empresa fica sujeita a uma multa de R$ 2 mil.

Windows 8

Todo Windows 8 vendido requer uma versão anterior do sistema instalada no computador do cliente, seja ele Windows 7, Vista ou XP SP3. Não é possível, portanto, instalá-lo como o primeiro sistema da máquina. Como a embalagem do software não alerta para esse fato, muitos consumidores reclamaram de não poder instalar o produto.
Essa não é a primeira vez que a Microsoft tem problemas com o Procon por causa do Windows 8. Pouco após o lançamento do sistema no Brasil, o órgão notificou a companhia por causa de um erro no preço do software na loja online oficial. O preço, que deveria ser de R$69, acabou em R$83,98 e a Microsoft precisou ressarcir os clientes lesados.

Via Adrenaline