Xbox One pode receber suporte a teclado e mouse em breve



O velho debate de que a precisão e simplicidade do teclado e mouse é a maior exclusividade dos jogos de PC pode estar com os dias contados. Ao que parece, a Microsoft está trabalhando em maneiras de trazer os periféricos ao Xbox One, pondo um fim de uma vez por todas no grande diferencial dos controles que os usuários tinham nos computadores.

Ainda não se trata de nada oficial, mas a informação foi liberada pelo próprio presidente da divisão Xbox, Phil Spencer. Questionado no Twitter por um fã se teríamos o streaming do Windows 10 para o videogame — ou seja, o caminho oposto do recurso que chega com o sistema na semana que vem —, o executivo comentou que isso exigiria o suporte de teclado e mouse para funcionar. Só que o que realmente chamou a atenção em sua resposta foi a afirmação de que isso não está tão longe de acontecer.
É claro que não demorou para que muita gente comemorasse a novidade. Alguns até lembraram que já é possível usar um teclado para digitar mensagens e escrever pequenos textos, mas o mouse continua sem suporte. E por mais que ele não tenha dito nada sobre o seu uso dentro dos jogos, é de se imaginar que a opção chegue ao console em breve.

Como o site PC World aponta, a utilização do acessório no aparelho iria torná-lo muito mais atraente para jogadores acostumados com o PC, além de fazer com que a navegação em seus menus seja bem mais rápida e intuitiva. Uma das principais críticas ao sistema de interface do Xbox One está exatamente na disposição de seus objetos e como isso não funciona tão bem com o controle — o que mudaria drasticamente com o mouse.
Além de facilitar a vida de quem quer mais precisão em um FPS ou mobilidade em um RTS, a introdução do suporte a games também pode abrir as portas do Xbox One para alguns jogos que eram exclusivos dos computadores. Com um mouse e teclado, World of Warcraft e outros MMOs poderiam finalmente fazer sua estreia nas plataformas domésticas.
Assim, só nos resta esperar para descobrir o que está vindo por aí. No entanto, diante das possibilidades, é impossível não ficar esperançoso com o que pode estar a caminho do sistema de nova geração, e tudo graças a um pequeno periférico tão comum nos PCs.

Fonte: PC World
Via CanalTech